Arquivos

Natal#1: Sugestões de ofertas

Só agora tive um tempinho para vir ao blog mostrar algumas das ofertas que fizemos cá em casa para presentear familiares e amigos. A sugestão não é nova mas tem valor pelo facto de ter sido elaborada pela criançada cá de casa… 20151223_190945 (1)

Maõs à obra e fizemos uma bolachas deliciosas de côco e canela e outras de baunilha e canela (tirei a receita deste blog http://preguicanacozinha.blogspot.pt/2014/12/207-bolachas-de-baunilha-e-canela.html que tem umas receitas fáceis, rápidas e deliciosas). A criançada consolou-se de amassar e com as forminhas de natal, lá foram ganhando forma.Tinha alguns frascos vazios cá em casa ( de doces, café, etc) e alguns tive que comprar (mas bem baratinhos) e colocámos dentro as bolachinhas.

Comprei umas embalagens muito giras de chá numa loja em Aveiro que tem uns chocolates e chás deliciosos, a Loja da Rua Larga

20151223_190823

(https://www.facebook.com/LojaDaRuaLarga) para juntar com as bolachinhas num cestinho decorado a rigor com um laço vermelho.

20151224_161730 (1)

Fica a sugestão… que foi muito elogiada pelos que tiveram a sorte de a receber.

20151224_155408

Deixo também aqui a sugestão do blog  https://mariapatanisca.wordpress.com/2016/01/15/natal-2015-lembranca-de-natal/ que sigo atentamente e tem ideias geniais!

Anúncios

Árvore de Natal- pompons de lã

Este ano a nossa árvore de natal ficou diferente! Lembrei-me de fazer alguns pompons com lãs que tinha esquecidas…

O resultado foi engraçado! Ficou fora do vulgar e colorida como os  miúdos gostam. Eles também quiseram ajudar a fazer os enfeites para a árvore mas a maior ajuda foi da filhota. Demorámos algum tempo mas valeu a pena. Para rematar, comprei plumas brancas para dar um toque de neve. Eis o resultado…natal arvore

Árvore Natal… escola da Inês

A Inês, no fim de semana passado, trouxe uma tarefa para casa para realizar com a participação dos pais. Teria que fazer algo relacionado com o Natal, usando materiais que tivesse em casa. Lá pusemos mãos à obra…

Decidimos fazer uma árvore de Natal com pinhas, restos de tecidos, arames e cartão.

O pai lá começou a “depenar” algumas pinhas enquanto eu e a Inês fazíamos um cone de cartão.

SAM_1975     SAM_1974

Colámos na extremidade uma pinha pequenina pintada de dourado.  Fomos colando no cone as pequenas partes da pinha, com cola quente. A árvore foi tomando forma…

SAM_1972

Aqui já mais composta…

SAM_1978

Finalmente, após a colagem de bolinhas de tecido e colocação de arame enrolado na extremidade (boa ideia da Inês).

SAM_1982         SAM_1983

Acho que ficou gira!

 

 

O Natal está a chegar…

Papel de parede Guirlanda de natal em papéis, fotos e imagens

Hoje, apesar de estar sol, estava um friozinho… só me apetecia estar ao  calor da minha salamandra ou no sofá com uma mantinha. Este frio recorda-nos que o Natal está a chegar… é verdade,  já estamos em Dezembro e o tempo passa a correr.

Com as noites mal dormidas (sempre a acordar) por causa dos bebés estava mesmo a apetecer-me descansar…  mas tal só foi possível por breves momentos,  com os filhotes por casa  eu não paro um segundo. Mas é tão bom estar com eles!!!

Não sei como é que há pessoas que em vez de aproveitarem estes momentos em família, se metem nos centros comerciais ao fim de semana. Apesar da crise, estes locais estão cheios de clientes e os consumismo desenfreado, nesta época, faz com se esqueça o verdadeiro sentido do natal, a festa da família.

Eu, já fui um pouco assim. Nesta altura só pensava nas compras que iria fazer para presentear esta ou aquela pessoa, chegava a escrever o nome das pessoas para as quais iria comprar as prendas para que não houvesse esquecimentos. Hoje já penso de maneira muito diferente talvez porque a família aumentou ou porque a vida me fez ver as coisas de outra maneira. Prendas sim, mas para as crianças!

Muitas vezes me recordo do Natal da minha infância… a descoberta das poucas prendinhas no dia 25 de manhã, os chocolatinhos pendurados na árvore e no sapatinho na lareira, o presépio e a reunião da família, em que não faltavam os meus queridos avós e dos quais tenho tantas saudades…

Vamos ver se amanhã fazemos a nossa árvore de natal. Estou com algum receio pois o Dudu vai achar mais piada ás bolas espalhadas pelo chão do que quietinhas na árvore… vamos ver como reage pois no último natal ele tinha apenas 6 meses.